Spain

spain (logo)Spain

Squad:


Goalkeepers:

1 – Ricardo Zamora – RCD Espanyol; Era: FH 1930’s

12 – Iker Casillas – Real Madrid; Era: SH 2000’s

23 – Andoni Zubizarreta – FC Barcelona; Era: FH 1990’s

Defenders:

2 – Joan Segarra – FC Barcelona; Era: SH 1950’s

3 – José António Camacho – Real Madrid; Era: FH 1980’s

4 – Fernando Hierro – Real Madrid; Era: SH 1990’s

5 – Carles Puyol – FC Barcelona; Era: FH 2000’s

13 – Rafael Gordillo – Real Bétis; Era: FH 1980’s

14 – Jesus Garay – Athletic Bilbao; Era: SH 1950’s

17 – Jacinto Quincoces – Real Madrid; Era: FH 1930’s

Midfielders:

8 – Xavi Hernández – FC Barcelona; Era: FH 2010’s

6 – Andrés Iniesta – FC Barcelona; Era: FH 2010’s

9 – Alfredo Di Stéfano ★ – Real Madrid; Era: SH 1950’s (1) (2) (3) (4)

10 – Luis Suárez – FC Internazionale (Italy); Era: FH 1960’s

15 – Estanislao Basora – FC Barcelona; Era: FH 1950’s

16 – Josep Guardiola – FC Barcelona; Era: FH 1990’s

18 – Pirri – Real Madrid; Era: FH 1970’s

Fowards:

7 – László Kubala – FC Barcelona; Era: FH 1950’s (5)

11 – Francisco Gento – Real Madrid; Era: FH 1960’s

19 – Amancio Amaro – Real Madrid; Era: SH 1960’s

20 – Isidro Lángara – Real Oviedo; Era: FH 1930’s

21 – Telmo Zarra – Athletic Bilbao; Era: SH 1940’s

22 – Raúl González – Real Madrid; Era: SH 1990’s

Line-up:


 

spain-xi

Manager:

SpainMiguel Muñoz – Era: FH 1960’s



NOTE:

(1) – Alfredo Di Stéfano was selected as Spain’s Golden Player of the past 50 years by the Royal Spanish Football Federation;

(2)Alfredo Di Stéfano won the Ballon d’Or 1957 and 1959, 2th placed at Ballon d’Or 1956, all as spanish footballer;

(3)Alfredo Di Stéfano was 4th Football Player of the Century by France Football in 1999 as spanish footballer;

(4)Alfredo Di Stéfano is the best spanish player of the century and 3th best european player of the century by IFFHS;

(5) – László Kubala is the 3th best spanish player of the century by IFFHS;

(6)Ferenc Puskás is also a legible choise to be in the squad, however he played for Hungary NT in his peak years.

(7)José Santamaría is also a legible choice to be in the squad and also have played for Spain NT in his peak years, however he played more international competitions for Uruguay NT.



UPDATED AT: 07 – 02 – 2017

Advertisements

18 responses to “Spain

  1. em questão de origens, Di Stefano não deveria estar na Argentina? como Zidane
    na Argélia, Henry em Guadalupe, Gullit em Suriname e Eusébio em Moçambique?

    • Confesso que, quando estava a fazer a Argentina, não me passou pela cabeça a inclusão de Di Stéfano.

      Eu pensei assim: Di Stéfano faz mais falta à Espanha que à Argentina. (e já agora, também tem que estar na Itália e na França, pois tem sangue nestes países)

      Sobre as “regras” de jogadores de origens que ditei no seu blog, acho que foi um erro estabelecer estas normas.

      É demasiado complexo e difícil para aplicar em todos os casos. Se calhar, devo tratar cada caso como se fosse único.

      PS: não estou lá muito contente com Zagallo e Branco no Líbano. É-me (muito) forçado.

  2. ok. por isso que avalio equipas de formas diferentes, e não um único padrão, como
    já disse anteriormente.

    inclusive dissesses que achavas estranho o meu modo de
    montar e escolher jogadores.

    é por isso que repito jogadores, assim como o PES Stats Database, é melhor do que ter de escolher uma única equipa para um grande jogador.

    por exemplo, tenho o Di Stefano em cinco equipas, River, Real, Espanha,
    Colômbia e Argentina.

    • Sim, mas não te esqueças que eu vou fazer mesmo estas equipas no PES e organizar competições. Seria muitíssimo estranho ver o mesmo jogador em duas equipas diferentes.

      • não acho. afinal é uma realidade virtual alternativa.
        Messi e Maradona nunca jogaram juntos, Zidane e Benzema nunca
        defenderam a Argélia, se entendes o que quero dizer.

        ainda me fica uma duvida, as equipas “bloqueadas” no PES, que não se
        pode alterar o escudo, uniforme, etc. deixas elas assim ?

        como fizestes as equipas brasileiras, no PES 2010 não há o Brasileirão?

      • Sobre a primeira parte do comentário estamos a falar de coisas diferentes. Uma coisa é jogadores das diferentes décadas a jogarem entre si (realidade virtual e alternativa) e outra é um jogador a representar várias equipas ao mesmo tempo o que na hora de uma competição é muito confuso e nada convincente. Eu pessoalmente prefiro jogar nas selecções nacionais.

        A segunda parte do comentário, meu amigo, já lhe respondi isso num outro comentário. Eu não consigo “desbloquear” as equipas não editáveis. Vai aos comentários de “Royal Antwerp FC”.

  3. certo. mas ainda sim é uma realidade virtual. se jogadores com décadas de
    diferença podem jogar lado a lado porque não podem enfrentar a si mesmos? (risos).

    entendi como fazes, mas para mim é mais interessante ter todas prontas na OF.
    no momento não estou fazendo nenhuma edição nos jogos, mas em breve pretendo
    fazer um projeto no PES 2008.

    • Seria muito WTF. Contudo há um aspecto positivo em não repetir jogadores. Quando não se repete jogadores estou a dar lugar a outros que também merecem.

      Quem me dera ser um “remodelador total” no PES. Iríamos criar o melhor jogo de futebol de sempre (risos).

      • de fato. não sei aí em Portugal, mas aqui no Brasil há muitas edições feitas
        no PES e WE10, jogos prontos, chamados Patchs. usando alguns programas para edição, inclusive as “bloqueadas”, seleções, e até faces.

      • O mesmo acontece aqui, os patchs têm além da liga portuguesa, a segunda liga, as equipas das libertadores desbloqueadas, a liga alemã, mais algumas equipas europeias e sul americanas e poucas do resto do mundo.

  4. Maceda é melhor que Ramos? Se ele nem é titular, porque tira-lo?

    Equipe ofensiva até demais, hein? Não levas muitos gols? E que tal uma formação semelhante à minha?

    • Curiosamente o ponto fraco da equipa é o ataque (não concretiza bem, já tirei o Morientes, que era fraco e o Raúl deixa um pouco a desejar). Admito que é uma equipa muito ofensiva (posso tirar o Míchel e o Martín).

      Sobre a defesa, apesar de não ser extraordinária, dado a ausência de Puyol, Zamora (Catalunha) e Quincoces (Países Bascos), cumpre muito bem as exigências defensivas, principalmente o Camacho.

      Não acho o Sergio Ramos um prodígio central (muito inconstante). Ele só entraria com lateral direito pois é bastante bom.

      • me referia a ofensividade do onze (5 atacantes e nenhum armador) e não ao plantel.

        4-2-1-3 se encaixa perfeitamente na Espanha, é clássica.

        O onze que tenho no blog já utilizei no PES e fica muito bom.

      • Bem o Suárez também joga a médio ofensivo e o seu passe é muitíssimo bom. Di Stéfano também joga nesta posição e cumpre muito nos aspectos ofensivos (desmarcação, construção e impressibilidade). Raúl é o ponta de lança e está bem apoiado com Amancio e Gento. Não é uma tática “4 – 1 – 5”, mas vou refazer.

  5. Best XI:
    ———————-Zamora—————–
    -Segarra-Quincoces-Hierro-Camacho-
    —————–Pirri————————–
    ————————Suarez—————
    ——————Di Stefano—————–
    ———-Kubala—————–Gento—–
    ——————–Raul———————–

    • My possible XI:

      GK: Zamora
      DF: camacho (?), Quincoces, Hierro, Gordillo (?)
      MD: Xavi; Guardiola (?), Iniesta
      AV: Di Stéfano, Kubala, Raúl (?)

    • Team created in my OF 😀

      One important point: both Xavi and Suarez play as CM, one for each side.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s